X

Doenças neuropediátricas: quais exames pedir?

Muitas doenças neuropediátricas podem ser confirmadas clinicamente, mas em alguns casos são necessários determinados exames, saiba quais

dezembro 4, 2019

A neurocirurgia infantil ou pediátrica trata de doenças neurológicas que podem ser tanto congênitas, como as adquiridas na infância. Algumas das doenças neuropediátricas, contudo, só podem ser confirmadas por determinados exames. Abaixo, listamos alguns dos exames clínicos, de imagens ou laboratoriais que devem ser feitos para confirmar determinados diagnósticos de doenças neuropediátricas.

Hidrocefalia fetal

  • Ultrassom obstétrico ou;
  • Ressonância magnética fetal

Hidrocefalia pediátrica

  • Medição do perímetro encefálico
  • Avaliação do afastamento das suturas
  • Avaliação de presença de abaulamento (encurvamento) da fontanela
  • Avaliação do movimento dos olhos
  • Ultrassom transfontanelar
  • Ressonância Magnética do Crânio com estudo do fluxo liquórico, CISS 3D e space T2

Mielomeningocele

  • Ultrassom obstétrico
  • Exames laboratoriais (dosagem de alfafetoproteína no sangue materno e no líquido amniótico e da acetilcolinesterase no líquido amniótico)

Mais algumas doenças neuropediátricas

Craniossinostose

  • Avaliação clínica do formato craniano

Tumores cerebrais

  • Ressonância Magnética do Crânio

Moyamoya

  • Arteriografia Cerebral

Epilepsia

  • Testes neuropsicológicos;
  • EEG e Video-EEG;
  • Ressonância Magnética do Crânio;
  • Ressonância Magnética funcional do Crânio (fMRI), PET-CT, tractografia, magnetoencefalografia.

Medula ancorada

  • Ultrassom espinhal (recém nascidos) ou;
  • Ressonância Magnética da coluna
O que você sabe sobre neurocirurgia infantil? Faça o teste e descubra