X

Moyamoya: perda de força muscular e outros sintomas

Termo de origem japonesa que significa “algo nebuloso” dá nome à doença que consiste na obstrução de artérias do sistema nervoso central

dezembro 5, 2019

Você sabia que perda súbita de força muscular em apenas um lado do corpo em crianças em idade pré-escolar pode indicar a existência de uma doença neurológica rara? Trata-se da doença cerebrovascular oclusiva crônica, também conhecida como Moyamoya.

Moyamoya é um termo de origem japonesa que significa algo nebuloso. Ela consiste na obstrução de artérias do sistema nervoso central que, com o tempo, provoca a formação de novos vasos de fino calibre e pouco eficientes. Esses vasos apresentam nos exames um padrão diagnóstico típico descrito na literatura como “fumaça”.

Em crianças, os principais sintomas são isquemias (diminuição de fluxo sanguíneo no cérebro), dores de cabeça, convulsões, paralisia de um lado do corpo, alteração do nível de consciência, distúrbios de campo visual, de linguagem e de sensibilidade, e ainda por movimentos involuntários da face e membros.

E a doença pode trazer ainda outras complicações, como tromboses, isquemias transitórias de repetição e acidente vascular cerebral.

Moyamoya tem causas desconhecidas e tratamento cirúrgico

As causas da Moyamoya ainda não são muito conhecidas. Alguns estudos sugerem, contudo, que ela pode ser causada por infecções do trato respiratório superior, tonsilites, sinusites, otites e meningites. Inflamações e uso de produtos tóxicos também já foram associados à doença. Fatores genéticos também podem desencadeá-la.

O tratamento pode incluir o uso de drogas anti-inflamatórias não hormonais e cirurgia. O procedimento cirúrgico visa a restaurar a circulação sanguínea no cérebro pelo desenvolvimento de novos vasos sanguíneos. Esse procedimento tem como objetivo retardar a progressão da doença e, em alguns casos, pode-se obter melhora da linguagem, fala e habilidades motoras.

O que você sabe sobre neurocirurgia infantil? Faça o teste e descubra